FISL 17

Do desconhecido a uma das minhas melhores experiências

Posted by Raphael Lima on 21-07-2016

Durante os dias 13 e 16/07 aconteceu a 17º edição do FISL (Fórum Internacional de Software Livre) na PUCRS, em Porto Alegre. Evento este o qual tive o imenso prazer de participar pela 1º vez, tanto como participante quanto palestrante.

Bom, tudo começou exatamente no dia 14/04 quando recebi um e-mail do Renê (meu professor, orientador e colaborador do SAVE) me falando que a chamada de trabalhos para o WSL (Workshop de Software Livre) estava aberta e que esta seria uma boa oportunidade para submeter um artigo sobre uma ferramenta (livre, é claro!) que desenvolvi durante meu TCC, cujo o objetivo é atuar na prevenção de acidentes envolvendo crianças esquecidas em carros estacionados, e além disso, me inteirar e conhecer de perto o que é o mundo do software livre, que até então, pouco conhecia. Faltavam exatos 15 dias para o término do prazo para submissão de artigos e aí a jornada teve início. Foram duas semanas de pura escrita, revisão, testes, mais escrita e por aí vai…

A fase de espera pela notificação de aceite me deixou extremamente ansioso (quem me conhece sabe) e no dia 10/06 por volta de 12:00 eu recebi a confirmação do aceite do meu artigo. Sim, a minha ida ao FISL estava confirmada. Nem consegui almoçar direito de tanta felicidade, rsrs.

Fiquei ensaiando e ensaiando o que eu iria falar, como iria falar, o que colocaria nos slides e a data estava cada vez mais próxima e eu, cada vez mais ansioso. No grupo do telegram fui conversando com alguns outros palestrantes e fui me sentindo mais à vontade.

Bom, vou fazer um resumo de como foi essa experiência que tive durante o FISL…

1º Dia - Cheguei em Porto Alegre! Bora pro FISL!

Entrada FISL

Enfim, cheguei no centro de eventos da PUCRS por volta de 12:30, me credenciei e fui assistir a palestra (muito boa, por sinal) do Sean Michael, logo em seguida assisti a palestra (sensacional e bem humorada) do Júlio Neves. E foi assim durante praticamente o dia todo, indo de sala em sala, assistindo várias palestras dos mais variados assuntos e com os caras mais feras do SL… No primeiro dia não aproveitei tanto quanto queria pois estava cansado, não tinha dormido direito na noite anterior de tanta ansiedade rsrs. Mas mesmo assim foi tudo ótimo, fui andando pela PUC, conhecendo as oficinas, os stands, os espaços de comunidades e várias pessoas também, é claro. Fiquei maravilhado com o evento, com toda a estrutura, com tudo… Até registrei esse momento, como podem ver abaixo:

Eu no FISL

2º Dia - Mais palestras, e claro, networking

No 2º dia, que pra mim foi o melhor, assisti várias palestras pela manhã e a tarde participei da maioria das atividades da comunidade da Mozilla como a palestra: “Segurança e privacidade na Internet” feita pelo Jaime Maretoli (o qual fiz amizade após chegar na “caruda” na área de comunidades da Mozilla).

E continuei andando pelo salão e parando de comunidade em comunidade, a primeira foi a do Debian, onde fui super bem recebido, conheci o Giovani, Rafael e o Lucas que me responderam todas as dúvidas, me passaram várias informações sobre como colaborar com a comunidade, eventos e muitas outras coisas.

Próxima parada, comunidade da Mozilla onde bati um longo e produtivo papo com o Jaime (sim, o mesmo que citei anteriormente) e ele me explicou tudo o que foi possível sobre os projetos da Mozilla, como contribuir, e hoje, já sou um membro da comunidade colaborando com o Mozilla Developer Network - MDN e no final ganhei um sticker lindão do Firefox.

Depois de várias palestras, papos e caminhadas pelas comunidades, dei uma pausa no stand da prefeitura de Porto Alegre onde bati um bom e descontraído papo com os gaúchos Edison e Juliano que me ensinaram desde a preparação até os dez mandamentos do chimarrão, afinal, cultura e descontração também são (muito!) importante.
Pausa Pro Chimarrão

3º Dia - O dia D - Vou palestrar!

E chegou o grande dia. E agora? O frio na barriga tava maior que frio de Porto Alegre, mas vamos lá. Não dá pra mais pra desistir. E nem iria!

Comecei o 3º dia acompanhando mais algumas palestras e, dentre elas, destaco a do Thiago Avelino: “Como Software Livre pode ajudar a evolução (ou criação) de empresas” onde pude enxergar várias possibilidades onde antes não as via e aprender muito com seus cases.
Aproveitei que tinha passe livre e iria me apresentar apenas as 16:00h, então fui conhecer o incrível Museu de Ciência e Tecnologia da PUCRS. Aqui vão algumas fotos…

Foto 1

Eu, como um grande fã de Breaking Bad que sou, pirei nesta tabela.

Foto 2

E o grande Tesla!

Foto 3

Quase 15:00h, vai começar o WSL… Partiu sala 41D…
Começou o WSL, Filipe Saraiva realizou a abertura e logo em seguida um grupo da Costa Rica apresentou um scanner livre e de baixo custo, projeto muito interessante. Após, Diego José e Guilherme Lacerda apresentaram a ferramenta BugInf, outro interessante projeto.

Chegou a minha vez. Já estava nervosaço… E comecei a falar, os primeiros dois minutos foram difíceis, imaginem só: nunca tinha ido ao evento, não conhecia quem estava assistindo e, a única vez que precisei falar pra outras pessoas foi durante a apresentação do meu TCC… Depois disso, a coisa foi fluindo, falei durante exatos 20 minutos e respondi duas perguntas… Acho que me saí bem, falei tudo que queria e estava planejado para falar sobre o SAVE. Gostei tanto que quando acabei, queria falar de novo hahaha. Foi uma experiência e tanto, até entrevista pra acessoria de imprensa do FISL eu dei hahaha, espero fazer mais vezes!

Mais algumas fotos…

Foto 1

Foto 2

Foto 3

Finalizada minha apresentação, fui conhecer alguns projetos extremamente bacanas como “Boquinha Livre”, “Robótica Livre” entre outros… E no fim, participei de uma oficina de Arduíno.

4º e último dia - Evento e um passeio por Porto Alegre

Não estive presente durante o dia inteiro no evento, pois queria conhecer a cidade de Porto Alegre. Fui aos principais pontos da cidade, comi um bom churrasco gaúcho, tomei mais chimarrão etc…
Voltei para a PUC assisti mais algumas palestras, me despedi das pessoas que conheci e garanti uma foto com o GNU…

Foto 1

Considerações finais. O que o FISL me proporcionou?

Tudo! Isso foi o que o FISL me proporcionou. Foi ótimo! Não tenho palavras para descrever o quão boa foi essa experiência. Eu, que estou começando área de software livre e até então nunca tinha ido a um evento deste porte, comecei logo como palestrante… Foi maravilhoso. Aprendi muita coisa sobre assuntos que eu não conhecia e/ou não dominava. Conheci pessoas incríveis (não vou citar todas aqui para não correr o risco de cometer a gafe de esquecer de alguém, rsrs), enfim, voltei um outro Raphael, com uma visão e um entendimento mais amplo sobre o mundo não só do software livre e o que se é possível fazer com ele, mas como o da tecnologia como um todo, como e onde ela pode ser empregada para causas sociais, empreendimento e muitas outras áreas. Até esse blog foi fruto do FISL, era algo que já queria fazer há um tempo, mas sempre o deixava em segundo plano, alguns dias depois do FISL… Bom, não preciso nem dizer rsrs. Conheci de perto um pouco do trabalho das comunidades e os vi participando ativamente. Não fui à edições anteriores, portanto não tenho como fazer um comparativo, mas se tem uma coisa que posso afirmar, com toda certeza é que esse FISL foi sensacional. E quero muito ir a próxima edição.

Quero aproveitar e deixar meus parabéns e agradecimentos à toda equipe da organização do FISL, vocês fizeram um excelente trabalho. Mesmo com toda as dificuldades do atual momento do país, vocês mostraram que quando se tem paixão pela causa e vontade de fazer acontecer, não há nada nem ninguém que nos impeça. Agradeço e parabenizo também ao Paulo Santana, embora não o tenha conhecido pessoalmente, mas sempre foi muito solícito comigo me respondendo todas as dúvidas e me auxiliando sempre que precisei.

E pra quem tem dúvidas sobre a qualidade do evento e não sabe se vai ou não nos próximos, te digo: Vá! Vale muito a pena! Confira você mesmo e verá que não exagerei e até falei pouco neste post.

Enfim, nos vemos em 2017 no #FISL18

FISL18